sexta-feira, 20 de março de 2009

Ao meu pai!

Diz que sim, que ontem foi dia do pai.

A ti pai, que quando nasci não me quiseste ver por ser uma menina (a terceira) e tu querias um pilas.
A ti que durante a minha infância me fizeste rir, brincas-te comigo, ensinaste-me a andar de bicicleta e a gostar de animais, e eras tu que me adormecias sempre.
A ti, pai, a quem eu chamava de melhor amigo quando era criança e gostava de estar sempre ao pé de ti!
A ti pai, que sofreste quando cresci, e passei a adolescência a maltratar-te, virei-te as costas e tive quase um ano sem te falar,
A ti pai, que com 18 anos me deste uma chave de casa e disseste "vive a tua vida"

A ti que tão pouco me conheces, tão pouco sabes aquilo que realmente sou, tão pouco que rimos, conversamos, vivemos. Mas a ti, que mesmo não sabendo quem sou fizeste de mim a mulher que sou hoje!

(que eu para ti vou ser sempre a tua menina ... não fui a melhor das filhas mas adoro-te!)

13 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Pensamos nunca estar à altura das expectativas deles, mas lá no fundo certamente que quase estoiram de orgulho de nós. Excepto no dia em que me foi ver jogar à bola e eu marquei na própria baliza, claro...

Beijoca!

Cati disse...

Que coisa bonita! ;)
Obrigada pela visita*

Um beijo

Helena de Troia disse...

Ohhh.. Acho que durante a adolescência, os pais tornam-se sempre os nossos "inimigos" porque querem conservar aquela bebé que já quer voar mais alto.. Mas este post está mesmo muuuuuito bonito e ele devia lê.lo :)

Charlotte disse...

Porque nunca nos podemos esquecer que pai é pai, assim como mãe é mãe...são eles que nos dão os exemplos a seguir (sejam eles bons ou menos bons), são eles que nos amam incondicionalmente!
E nós como filhos, devemos aproveitar todos os momentos com eles (mesmo que sejam poucos), para mais tarde não nos virmos a arrepender...
Beijinhos e bom fim-de-semana!!!

TFerreira disse...

Wowwwww! Boa dedicatória...

É bem verdade, um dos "nossos objectivos" de vida, passa por não desiludirmos os nossos pais... passa, por corresponder a expectativas, sem ter de quebrar barreiras e mentalidades... Mas nem sempre conseguimos!

Independentemente, de tudo o que possamos fazer e dizer, eles amam-nos incondicionalmente, e isso nós ainda não conseguimos explicar!

Beijinhos

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Enviaste-lhe este texto por mail ou sms ?

Espero que sim :)

Beijo meu ♥,

A Elite

Saltos Altos Vermelhos disse...

:D eu também fui a 3ra e ele pensava que eu era um pilas LOL

Sirigaita disse...

hahahaah oh pa o ke eu me ri agora com isto!eu trabalhei numa empresa e um engraçadinha uma vez colocou lá esta imagem na porta!!!hahaahah


beijo queridaáááá

Sirigaita disse...

ups!!enganei me no post!LOL ai o caraças..ando toda trocada mulher!era no post de cima..da me um desconto de 70% sff.

Sirigaita disse...

ups!!enganei me no post!LOL ai o caraças..ando toda trocada mulher!era no post de cima..da me um desconto de 70% sff.

Femme Fatale disse...

tas perdoada =) ehehehe

Cabeça no ar disse...

mudei o nome e o endereço do meu blogue. agora podes-me visitar em http://umlugarchamado-aqui.blogspot.com
beijinhos

Sílvia disse...

Eu partilhei essa adolescencia ctg.. Irmas inseparaveis!!! Tenho tantas saudades tuas miga... Tantas tantas tantas =)

E O TEU PAI É UM FIXE =)