sexta-feira, 26 de junho de 2009

R.I.P.

Michael Jackson
(29 Agosto 1958 - 25 Junho 2009)
Estou sem palavras...

11 comentários:

Senhor das Chaves disse...

Quando as palavras nos faltam, o melhor é ouvir uma boa música :o)

Bom fim de semana :o))

Senhor das Chaves disse...

A inveja é um pecado muito feio :o))

Mas, já diz o ditado: ninas bem comportadas vão para o céu e nines invejosas vão pa todo o lado lol

Femme Fatale disse...

Ah que bom pelo menos vou a todo o lado!

Senhor das Chaves disse...

lol

Fazes bem. Num há nada melhor do que num ter horizontes quando se vai a algum lado :o))

Bom fim de semana :o)

Rosie Dunne disse...

morre um icone, nasce uma lenda

Saltos Altos Vermelhos disse...

a música ficará connosco!

mjf disse...

Olá!
Morreu um grande artista:=(
Mas há que diferenciar o artista do homem...

Beijicas

ergela disse...

É difícil não gostar de quem tinha talento para dar e vender, se bem que tinha uma "máquina de marketing" que o chupou até ao tutano, e que ele não conseguiu controlar, a máquina e ele próprio.

:) Beijo.

Paroco de Monteiras disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dylan disse...

Uma criança num corpo de um adulto. Era assim Michael Jackson. A sua candura contrastava com a atitude arrebatadora que exibia em palco, uma espécie de predestinado com um talento invulgar e que enfeitiçava todas as gerações. A educação rígida traçou-lhe o futuro mas sonegou-lhe a infância, enquanto o seu direito de viver recatado era ameaçado à medida que os holofotes da fama acompanhavam o seu crescimento. Pulverizou recordes de vendas mas também era o primeiro a dizer presente às causas humanitárias onde terá doado milhões de dólares. A sua timidez, e porque não dizer a sua extravagância, originavam todos os tipos de rumores, nunca provados.
Goste-se ou não do estilo, revolucionou o mundo do entretenimento artístico e musical impulsionando de vez o respeito e o reconhecimento pela cultura negra.

http://dylans.blogs.sapo.pt/

Mel disse...

Eu também fiquei sem elas...:S